CUIDADOS NA ALIMENTAÇÃO INFANTIL – Coluna Nutrição por Tatiana Coimbra

Olá mamães…

É com muito prazer que volto ao blog da Alê para falar um pouquinho mais sobre alimentação infantil.

Hoje nosso tema será algo que apareceu em destaque na mídia esta semana, e infelizmente, como um dado super preocupante:

11908114_1029700393707715_1767578597_n

O que esta imagem nos diz é, em outras palavras, que as nossas crianças estão consumindo: açúcar simples, gordura trans, conservantes, corantes artificiais, sódio, entre outros componentes que estão sempre presentes nestes produtos industrializados que compramos no dia-a-dia sob a justificativa de “praticidade”.

E estes dados divulgados são preocupantes porque bebês e crianças, se obesos na infância, têm grandes chances de se tornarem adultos com excesso de peso e obesidade.

Eu sempre brinco no consultório que a culpa da “boa ou má alimentação” das nossas crianças está na conta dos pais. Digo isso porque é na fase de transição da amamentação para introdução dos primeiros alimentos que mora o perigo. Na ânsia de cuidar do filho, ou até mesmo, como forma de “carinho” algumas mamães acabam exagerando no quesito alimentação. Às vezes aquele pouquinho do açúcar simples que você adiciona no chazinho ou no suco que oferece ao bebê, achando que está fazendo certo, poderá determinar para sempre o paladar dele. É por isso esta fase deve ser bem cuidadosa.

Então, como fazer?! Resposta: nada de açúcar ou sal de adição nas preparações prontas, use frutas in natura para adoçar os sucos, jamais ofereça papinhas prontas industrializadas e a mesma “proibição” vai para os temperos prontos. Faça o suco natural da fruta sem açúcar, prepare as papinhas das frutas in natura, faça sopas ou papinhas salgadas de vegetais frescos com temperos naturais e ervas, mas claro, sempre tendo cuidado com a adição de gordura/óleo e sal durante o processo de cozimento.

E sim, evite ao máximo a introdução de alimentos processados e industrializados (produtos semi-prontos, bolachas recheadas, bolinhos prontos, suco de caixinha, sucos em pó, sopas em pó, papinhas prontas, doces industrializados), assim como o refrigerantes, uma que vez, eles têm uma relação muito forte com o aumento de peso e alteração na taxas de açúcar e gorduras no sangue (colesterol, triglicerídeos).

Através da alimentação na infância, principalmente na fase de transição da amamentação para a introdução dos primeiros alimentos, nós podemos estar determinando como será o adulto do futuro, e consequentemente sua saúde.

Portanto mães, inventem sempre algo diferente… criem receitas novas, façam todo o possível (e o impossível) para que seus bebês tenham mais saúde no presente e no futuro.”
Tatiana Coimbra – é formada em Nutrição pela Universidade Federal Fluminense (UFF/RJ), tem Pós Graduação em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Gama Filho (RJ), tem formação em Personal Diet, e atualmente atua como Nutricionista Clínica

Gostaram da quarta participação da Tatiana no blog? Gostariam de tirar alguma dúvida? Sugerir um tema? Deixe seu comentário aqui ou mande email para engenheiramae@gmail.com

Beijos e até o próximo post!!

Não esqueça de seguir “Engenheira que virou mãe” nas redes sociais e ficar sempre informado das novidades do blog e de curiosidades/textos bacanas que encontro por aí!!

 

Venha conhecer nossa lojinha: http://www.facebook.com/lojaengenhocarias

Banner - 300 Altura

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s